Projeto I&D Green GA

Os jardins dos Açores constituem um conjunto patrimonial de relevo, pela sua dimensão histórica, botânica e paisagista. A uma crescente procura, à escala global, do turismo de jardins, tem correspondido uma certa dinâmica na afirmação internacional dos jardins dos Açores: em 2014 o Parque Terra Nostra foi escolhido entre os 270 melhores jardins do mundo (Gardener’s Garden, Phaidon) e em 2013 distinguido como Garden of Excellence (ICS); a realização de cinco encontros internacionais de Camélias Antigas e a organização de diversos tours temáticos são prova da potencialidade do Destino. Não obstante os sinais positivos, muito há a fazer para garantir a notoriedade dos jardins dos Açores. O projeto «Green Gardens – Azores» visa contribuir para a afirmação dos jardins históricos dos Açores como produto turístico de qualidade associado à natureza, cultura e bem-estar, através da problematização e operacionalização de dinâmicas de desenvolvimento do turismo de jardins. Salienta-se que este projeto foi integrado no referencial estratégico do Turismo de Portugal «Plano de Ação para o Desenvolvimento do Turismo em Portugal 2014-2020»

Saber mais em: https://www.otacores.com/greenga/

Ficha técnica do projeto

Designação do projeto: Green Gardens – Azores
Código do projeto: ACORES-01-0145-FEDER-000070
Objetivo principal: Contribuir para a afirmação dos jardins históricos dos Açores como produto turístico de qualidade associado à natureza, cultura e bem-estar, através da problematização e operacionalização de dinâmicas de desenvolvimento do turismo de jardins (TJ). Tal implicará:

  • Produzir conteúdos de visita com base em investigação científica multidisciplinar;
  • Conceber e implementar estratégias de comunicação e divulgação, dando primazia às TIC, designadamente através da criação de Aplicação Móvel;
  • Conceber e testar estratégias de marketing ajustadas a diversos perfis de utilizadores, com vista à criação de uma marca que viabilize a exploração económica e gestão cultural dos jardins dos Açores;
  • Fomentar a transferência de conhecimentos entre investigadores, gestores, cuidadores, proprietários e potenciais utilizadores dos jardins, de modo a fundamentar decisões estratégicas conducentes à conservação e dinamização dos jardins históricos dos Açores.

Entidade beneficiária: Observatório do Turismo dos Açores, em co-promoção com a Universidade dos Açores e a Fundação Gaspar Frutuoso
Custo total elegível: 149. 683,29€
Apoio financeiro da União Europeia: 127. 230, 80€
Descrição: A afirmação internacional dos jardins dos Açores tem recebido sinais altamente positivos. Em 2014 o Parque Terra Nostra foi escolhido entre os 270 melhores jardins do mundo (Gardener´s Garden, Phaidon) e em 2013 distinguido como Garden of Excellence (ICS). A realização de 5 encontros internacionais de Camélias Antigas e a organização de diversos tours temáticos são prova da potencialidade do Destino. Assim, o projeto “Green Gardens – Azores” visa contribuir para a afirmação dos jardins históricos dos Açores – recuperando o protagonismo de outrora – como produto turístico de qualidade associado à natureza, cultura e bem-estar, através da problematização e operacionalização de dinâmicas de desenvolvimento do turismo de jardins (TJ). Salienta-se que este projeto foi integrado no referencial estratégico do Turismo de Portugal “Plano de Ação para o Desenvolvimento do Turismo em Portugal 2014-2020”
Resultados:

  • Implementação de networking entre parceiros locais, nacionais e internacionais;
  • Criação de uma App, webpage e outros dispositivos destinados a visitas autónomas aos jardins;
  • Publicação de 3 obras de divulgação científica;
  • Participação em eventos científicos nacionais e internacionais com vista à divulgação dos resultados científicos do projeto;
  • Realização de ações promocionais do produto “Jardins Históricos dos Açores”

Observatório do Turismo dos Açores